Crónica

O curioso caso do Apple Self Service Repair

Cronica semanal, todos os sábados, às 12h

Marcus Mendes
20 de Nov de 2021
3 minutos de leitura

Nesta semana, acho que é seguro dizer que, especialmente para os entusiastas do faça-você-mesmo, o inferno congelou. Digo isso porque na quarta-feia a Apple anunciou que passará a vender peças e equipamentos de reparação para que utilizadores comuns, como eu e tu, possamos trocar sozinhos os ecrãs, baterias e câmaras dos iPhones 12 e 13. Ou pelo menos seria assim, caso eu e tu morássemos nos Estados Unidos.

É difícil contar nos dedos de uma mão só a quantidade de motivos pelos quais isso é surpreendente. Primeiro, porque foi algo que não vazou de antemão. Segundo, porque parece ser algo proativo. Terceiro, porque vai contra tudo o que a Apple já vinha a fazer a respeito do assunto, apesar dela já ter disponibilizado no passado (e muito a contragosto) alguns guias de reparos direcionados a pequenas assistências. Em quarto lugar, surpreende pela clareza com a qual o anúncio foi feito, sem maiores malabarismos gramaticais ou técnicos que indiquem que a história verdadeira não será bem essa. Em quinto lugar… bem, acho que não tem quinto. Ok, a maioria das pessoas conseguiria contar essas surpresas nos dedos de uma mão só.

Quem acompanha mais de perto estas movimentações mais impactantes da Apple, já está acostumado a ler o comunicado de imprensa com bastante desconfiança. Tome como exemplo os comunicados recentes sobre as melhorias na App Store. Melhorias que visam acordos para flexibilizar as regras de cobranças, atitudes para potencializar a vida de cada desenvolvedor, etc. Em todos os casos, passado o choque inicial proporcionado (de propósito) pelo teatro que a Apple costuma fazer com esses anúncios, não tarda para percebermos coletivamente que a Apple acaba de anunciar um grande nada, ou o mais próximo possível de nada, e quem estava torcendo por grandes modificações de fato, continuará a ver navios. Neste exemplo, a App Store segue fechada, os programadores seguem impedidos contratualmente de aceitar pagamentos por fora do sistema da App Store dentro dos seus próprios aplicativos, e mesmo na Coreia do Sul onde a Apple recebeu uma ordem judicial para abrir o sistema de pagamentos, ela disse: “hmmm.. não!”.

Por isso, procurei ler algumas vezes o comunicado do Self Service Repair em busca dessas tecnicidades que indicassem que, na verdade, nada mudaria, e fiquei surpreso por não tê-las encontrado. Parece que a Apple genuinamente irá fazer o que pedem dela há tempos, que é permitir, de forma facilitada e acessível, a possibilidade de um cliente trocar por conta própria a tela, a bateria ou o sistema de câmaras do próprio iPhone.

O que levou a Apple a fazer isto? Arrisco a dizer que pouquíssimas pessoas saibam a resposta, e todas elas moram nos arredores de Cupertino. O meu palpite é que este tenha sido um anúncio extremamente estratégico, feito como uma espécie de jogada antecipada contra alguma regulação que esteja prestes a ser anunciada nos Estados Unidos, ou talvez em algum outro país importante para a Apple, como a China. Ao anunciar o que aparentemente (repito, aparentemente) é o que muitos pediam dela, a Apple está no mínimo a ganhar tempo para argumentar que já fez grandes modificações a respeito do assunto, para se defender de regulações que a obriguem a fazer ainda mais concessões em prol do autor reparo.

Seja como for, para todos os efeitos, o anúncio dessa semana foi uma boa notícia. Foi uma boa notícia para os clientes que de fato se beneficiarão dessa nova possibilidade, foi uma boa notícia para empresas como a iFixIt que, de uma forma ou de outra, foi a principal bastiã dessa possibilidade e, sejamos francos, foi uma boa notícia para a própria Apple, que poderá negar trocas gratuitas de iPhones que estariam cobertos pela garantia, caso o cliente desavisado não tivesse tentado trocar a bateria por conta própria e acabou estragando o telefone por completo. Eu certamente seria este último caso.

Não percas pitada do UPDATED!

Assina a nossa newsletter para receberes as últimas novidades de Tecnologia diretamente na tua caixa de entrada.

Oops! There was an error sending the email, please try again.

Awesome! Now check your inbox and click the link to confirm your subscription.