Tecnologia

Samsung apresenta a One UI para o futuro do smartwatch

Descobre o que a Samsung e a Google reservam para o Wear OS 2.0

Daniel Gomes
29 de Jun de 2021
4 minutos de leitura
Photo by Samer Khodeir / Unsplash

Índice

Apesar de não estar presente fisicamente na edição de 2021 da Mobile World Congress (MWC), a Samsung não deixou passar esta oportunidade para partilhar os resultados dos esforços que tem partilhado com a Samsung, em particular para wearables.

Numa apresentação breve, a tecnológica Sul-Coreana focou-se em 3 temas: o ecossistema entre dispositivos Galaxy, a experiência em smartwatches e a segurança para equipamentos mobile. Claro que com a keynote recente da Google IO, o foco principal recaiu sobre o renovado WearOS.

Fica com as principais novidades que foram destacadas nesta apresentação.

Ecossistema Galaxy

Abrindo com o mote "Life opens up with Galaxy" (ou na sua tradução, "a vida abre-se com Galaxy"), foi vincando que as inovações tecnológicas devem estar acessíveis aos consumidores, sem restrições. E claro que a família Galaxy da Samsung existe para dar resposta a este tema.

A Samsung destacou a app SmartThings e a integração da mesma na sua família de dispositivos, facilitando a vida quotidiana e o trabalho dos utilizadores. A grande novidade que surgiu nesta temática é o esforço que a Samsung está a aplicar na S-Pen. Assim, anunciaram que em breve teremos suporte para a S-Pen em mais dispositivos. Contudo, a empresa Sul-Coreana não deu a conhecer ainda que equipamentos irão receber este suporte, pelo que em breve deveremos receber mais novidades sobre este tema.

Experiência com Smartwatches: a estrela do evento

Depois dos anúncios do Google IO, a Samsung veio reforçar a colaboração entre as duas gigantes tecnológicas na fusão do TizenOS com o WearOS para evoluir a experiência de smartwatches com base em 3 princípios: melhor performance, bateria com maior duração e melhor ecossistema de desenvolvimento para developers.

"A Samsung e a Google têm um longo historial de colaboração e sempre que trabalhámos juntos, a experiência para os nossos consumidores melhorou dramaticamente para todos", Sameer Samat, Vice Presidente de Gestão de Produto, Android e Wear, Google.

Quando instalares uma aplicação no smartphone, a mesma será instalada automaticamente no smartwatch. A continuidade entre dispositivos será melhorada a um nível de detalhe que chegará às aplicações. Por exemplo, se no telemóvel definir a meteorologia para um conjunto de cidades, o smartwatch irá dispor as mesmas cidades definidas.

As aplicações da Google virão integradas no smartwatch, assim como a loja de aplicações permitirá instalar as aplicações que todos já adoram, como Calm ou o Google Maps.

Toda esta nova experiência da One UI só é possível graças aos programadores e designers que criam conteúdo para esta plataforma wearable. Os programadores aplicacionais terão acesso a API's que facilitarão o desenvolvimento para smartwatch mantendo a experiência integrada com os restantes dispositivos da família Galaxy.

Para os designers também será lançada uma ferramenta que permitirá criar mostradores mais facilmente, à qual a Samsung chamou Watch Face Design Tool. Quanto à sua data de lançamento, devemos assistir à sua chegada no evento Galaxy Unpacked deste verão.

Ferramenta de Design de Watch Faces

O próximo Galaxy Watch a ser apresentado no verão será o primeiro dispositivo a usufruir do One UI Watch. Já os dispositivos Tizen não ficaram esquecidos, com a fabricante a prometer atualizações até 3 anos após a data do lançamento.

Segurança Mobile

A aposta da Samsung na proteção é uma constante a cada ano que passa, daí que o Knox seja uma vez mais referido. O Samsung Knox protege todas as camadas do smartphone, ao nível de hardware e software contra atacantes, leaks e salvaguarda as formas de autenticação do dispositivo.

A segurança dos nossos equipamentos é cada vez mais importante com o uso crescente de comunicações móveis e tempo online, considerando os tempos pandémicos. A mobilidade e flexibilidade são importantes para quem trabalha a partir de casa, pelo que este cenário não foi esquecido. Não estando nas redes internas das empresas, é importante que os utilizadores tenham os seus dispositivos protegidos para salvaguardar os dados privados daí que a Samsung tenha destacado aquilo a que chamam de Security from the chip up - a Samsung considerou a proteção dos dados desde o chip até ao sistema operativo e ligações a rede.

Knox Vault

Desde o lançamento dos Galaxy S21 que estes equipamentos apresentam um processador dedicado à proteção dos dados mais sensíveis, nomeadamente o Knox Vault Processor. A Samsung trabalhou a par com a Google para que a segurança dos dispositivos Android pudesse ser reforçada ao nível do software e espera-se que os próximos topos de gama continuem a fazer uso deste processador.

Para terminar a apresentação, a Samsung referiu a sua aposta na Sustentabilidade, através do programa de upcycling. Desde embalamentos mais sustentáveis a reutilização de dispositivos mais antigos para IoT, a Samsung tem-se esforçado para reduzir o seu impacto no planeta e dar uma nova vida aos dispositivos antigos.

O que achaste desta apresentação? Ansioso/a para testar em primeira mão o One UI Watch? Partilha connosco a tua opinião.

Não percas pitada do UPDATED!

Assina a nossa newsletter para receberes as últimas novidades de Tecnologia diretamente na tua caixa de entrada.

Oops! There was an error sending the email, please try again.

Awesome! Now check your inbox and click the link to confirm your subscription.