Tecnologia

Já não é só um rumor: OxygenOS e ColorOS vão mesmo fundir-se numa só interface

Será este o passo certo para a OnePlus?

Eduardo Silva
23 de Set de 2021
2 minutos de leitura

A OnePlus anunciou este ano que a sua interface OxygenOS, tão amada pelo mercado Android pela forma como tira o melhor partido do sistema operativo, começaria a integrar funcionalidades e código da ColorOS, a interface da OPPO, empresa também do grupo BBK Electronics e que cada vez mais serve de empresa-mãe para a OnePlus.

As duas fabricantes têm-se aproximado nos últimos meses, tornando mais clara a sua parceria no desenvolvimento de smartphones, o que inclui também o desenvolvimento de software.

A OnePlus anunciou que os seus próximos smartphones topo de gama vão estrear uma nova interface unificada, resultado de uma parceria com a OPPO. A empresa liderada por Pete Lau anunciou que ambas OnePlus e OPPO vão desenvolver uma nova interface baseada no sistema operativo Android e que correrá em todos os novos terminais de ambas as marcas nos mercados globais.

De acordo com o anúncio desta segunda-feira, o novo software vai reunir as melhores características de ambos OxygenOS e ColorOS, com a OnePlus a garantir que este será "rápido e suave; confiável; inteligente e rico em funcionalidades; «limpo» e leve".

Ao que tudo indica, a próxima linha topo de gama da OnePlus, tentativamente chamada de OnePlus 10,  vai estrear esta nova versão do software, sendo que os atuais modelos no mercado serão também atualizados para a interface unificada em 2022.

De acordo com a OnePlus, esta fase de transição para um sistema unificado será chamada "OnePlus 2.0" e tem especial importância pelos interesses que as empresas partilham, com trabalho a ser desenvolvido no capítulo fotográfico, na expansão das linhas de produtos a nível global, uma experiência melhorada com a nova versão do software e também a exploração de mais recursos ao nível do desenvolvimento de tecnologias.

Apesar de o recurso a tecnologias da OPPO por parte da OnePlus já não ser novidade, a postura da empresa sempre foi de separação. No entanto, com a integração do ColorOS nos smartphones OnePlus na China, esta "fusão" tornou-se um caso mais sério, com a resposta dos fãs ocidentais a não ser tão positiva como a empresa poderia ter desejado.

A opção por um software unificado poderá ser sinal de que ambas OnePlus e OPPO estão atentas à resposta do mercado, sendo que este poderá ser um compromisso necessário para convencer os fãs de que as marcas estão num processo de colaboração e não de absorção da OnePlus pela OPPO.

Não percas pitada do UPDATED!

Assina a nossa newsletter para receberes as últimas novidades de Tecnologia diretamente na tua caixa de entrada.

Oops! There was an error sending the email, please try again.

Awesome! Now check your inbox and click the link to confirm your subscription.