Tecnologia

Ray-Ban Stories, os óculos inteligentes do Facebook

Serão estes os óculos inteligentes que o mercado precisa?

Eduardo Silva
22 de Set de 2021
3 minutos de leitura

O Facebook anunciou uma parceria com uma das marcas mais icónicas de óculos de sol do mundo, a Ray-Ban. Com o intuito de trazer ao mercado um novo dispositivo pensado, precisamente, para as redes sociais, as marcas juntaram-se para desenvolver os Ray-Ban Stories. Mas que papel poderá ter no mercado?

Começando pelo seu design, torna-se claro que os Ray-Ban Stories não se destacam de outros óculos de sol aos quais estamos habituados a ver. A intenção, aliás, será essa mesma: os Stories inspiram-se nos clássicos designs da Ray-Ban, sendo apenas adaptados para alojar toda a tecnologia necessária para as suas funções. Assim, os interessados podem escolher entre os modelos Round, Meteor e, como é claro, Wayfarer.

Mas o que faz destes óculos "inteligentes"? A resposta é relativamente simples: a sua capacidade de tirar fotografias e gravar vídeos sem recurso a um smartphone. Os Ray-Ban Stories estão equipados com duas câmaras de 5 MP que se localizam logo ao lado das lentes, utilizadas para facilitar a captura de momentos que podem posteriormente ser partilhados através das redes sociais.

Conforme anunciou o Facebook, estes óculos têm capacidade para armazenar mais de 500 fotografias e cerca de 30 vídeos, sendo que estes estão limitados a uma duração máxima de 30 segundos. Assim, a acompanhar as câmaras estão também três microfones com tecnologia de cancelamento de ruído, para a gravação de som nos vídeos, possuindo também este dispositivo altifalantes e um pequeno touchpad.

Quanto às capacidades das câmaras, convém referir que estas têm suporte para fotografia computacional, HDR, fusão de imagem em cenários de pouca luminosidade (Modo Noite) e estabilização de imagem. Todo o conteúdo captado com os Ray-Ban Stories é guardado na nova aplicação Facebook View, onde este conteúdo pode ser editado e, posteriormente, partilhado através das aplicações preferidas do utilizador, como o Facebook, Instagram, Messenger, WhatsApp, Twitter, TikTok, Snapchat e outras.

Em termos de autonomia, estes óculos inteligentes conseguem até três dias de energia utilizando a case. E por falar em case, todos os modelos incluem também um cabo USB, um saco em tecido e um pequeno pano. Com um preço de 299 dólares (cerca de 255 euros), os Ray-Ban Stories estão disponíveis nos Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Irlanda, Austrália e Canadá, não havendo ainda nenhuma data anunciada para Portugal.

O mercado dos smartglasses não oferece muita concorrência

A entrada do Facebook neste segmento do mercado tem intensões muito claras: dominar. Atualmente, a concorrência está limitada aos Snapchat Spectacles, que se encontram atualmente na sua terceira geração e possuem um preço superior de 380 dólares (cerca de 325 euros).

Com um mercado ainda com muito a explorar, o Facebook tem aqui a oportunidade de aproveitar uma brecha, na medida em que os Spectacles estão limitados à utilização com a app Snapchat, enquanto os Ray-Ban Stories são pensados para utilizar na grande maioria das redes sociais. Por outro lado, será mais fácil justificar a compra de uns óculos inteligentes quando estes utilizam um design clássico e familiar à maioria da população, já que, como mencionamos anteriormente, a Ray-Ban é a marca de óculos de sol mais conhecida em todo o globo.

No entanto, nem tudo serão rosas para os Stories. Há anos que vários rumores sobre a Apple e a Google se aventurarem no mercado com modelos próprios de óculos inteligentes têm surgido, sendo que a empresa da maçã poderá mesmo estar perto de fazer uma revelação que pode revolucionar o segmento. Estes modelos poderão mesmo oferecer outras capacidades muito superiores aos Ray-Ban Stories, já que estes últimos são pensados, essencialmente, para as redes sociais, o que pode limitar a sua utilidade, dependendo das capacidades que ambas Apple e Google pretenderão oferecer.

Não percas pitada do UPDATED!

Assina a nossa newsletter para receberes as últimas novidades de Tecnologia diretamente na tua caixa de entrada.

Oops! There was an error sending the email, please try again.

Awesome! Now check your inbox and click the link to confirm your subscription.