Cinema e TV

Será Encanto um filme realmente digno do seu nome?

Encanto, a nova animação da Walt Disney Animation

Ricardo Sousa
13 de Jan de 2022
3 minutos de leitura

Quem for como eu, sabe muito bem que os filmes da Disney sempre tiveram um lugar especial no coração e, com o avançar do tempo, tanto os filmes em si e, as animações e os temas têm vindo a conquistar pouco a pouco a população, e não, não digo apenas os mais novos, mas também nós, adultos.

Hoje trago-vos uma review da última aposta da Disney e, sem qualquer dúvida, é um dos melhores filmes do ano 2021!

Tal como partilhado pela Disney, este é um dos maiores elencos principais de um filme da Disney, com uma dúzia de personagens centrais e vários papéis secundários, embora a história se centre principalmente em Mirabel Madrigal interpretada por Stephanie Beatriz (Brooklyn Nine Nine). Beatriz é acompanhada por María Cecilia Botero como Abuela Alma, Diane Guererro como Isabela, Jessica Darrow como Luisa, Angie Cepeda como Julieta, Wilmer Valderrama como Agustín, Carolina Gaitán como Tia Pepa, Mauro Castillo como Tio Félix, Adassa como Dolores, Maluma como Mariano, Rhenzy Feliz como Camilo, e Ravi Cabot-Conyers como Antonio, com John Leguizamo como Bruno.

Para aqueles que temiam que a Disney estivesse "sem ideias" e que as suas histórias estivessem a ficar sem brilho com o impulso de filmes de remake de ação ao vivo, o Encanto será uma maravilhosa lufada de ar fresco. O filme centra-se nos temas comuns da família e do crescimento, e particularmente não se afasta das relações complicadas de uma grande família, onde a maioria dos filmes se limitam a "ser assim mesmo".

O Encanto empurra essas ideias e limites, tornando-o refrescante para ver como espetador. Atira capacidades mágicas e ciúmes para a mistura e tem algumas grandes curiosidades e inseguranças relatáveis com as quais qualquer pessoa se pode relacionar a algum nível.

Como é de esperar, o filme está repleto de músicas inteligentes e que ficam na cabeça dias afim. Lin-Manuel Miranda atingiu o ouro com este elenco e banda sonora, demonstrando mais uma vez que é um intelecto musical sem comparação! Um dos meus novos favoritos pessoais do Encanto é a “We don’t talk about Bruno” — Não falamos do Bruno. Não vou estragar o conteúdo, mas tenho de dizer que qualquer pessoa que lide com a pressão de uma família sabe que nem tudo o que se vê é verdade e às vezes as más interpretações podem causar estragos maiores do que a verdade. Além disso, é uma música que fica no ouvido em loop constante.

Todos podem relacionar-se com alguém da Família Madrigal, e esse é um dos melhores elementos deste filme. Podemos ver as nossas mães, os nossos pais, os nossos irmãos, primos, tias, tios, avós, e nós próprios neste filme. Podemos compreender estas dinâmicas de uma forma tangível e, honestamente, atrai-nos mais profundamente para a história.

Não vou mentir em dizer que não verti uma ou duas lágrimas a ver o filme pela primeira vez, ou a segunda, ou a terceira, mas realmente há partes tocantes e toda a banda sonora é capaz de fazer qualquer um de nós emocionar. Se não souberem onde ver, está neste momento disponível na Disney+ e aqui fica o meu desafio: vejam o filme, colocam-se na posição da Mirabel e digam-me se não se sentem iguais a ela?

Não percas pitada do UPDATED!

Assina a nossa newsletter para receberes as últimas novidades de Tecnologia diretamente na tua caixa de entrada.

Oops! There was an error sending the email, please try again.

Awesome! Now check your inbox and click the link to confirm your subscription.